livro

Resenha: A Soma de Todos os Beijos – Julia Quinn

18762295_10212894734308596_1159790275_n

Título: A Soma de Todos os Beijos

Ano: 2017

Editora: Arqueiro

Autor: Julia Quinn

Número de Páginas: 272

O terceiro livro da série Quarteto Smythe-Smith, A Soma de Todos os Beijos, é simplesmente belo. O livro conta a versão de Hugh Prentice que teve sua perna aleijada e  sua vida arruinada por conta de um duelo com seu amigo, Daniel Smythe-Smith.

Desde o primeiro livro, Simplesmente o Paraíso, a impressão que tive de Hugh Prentice não foi uma das melhores. Mas nesse terceiro livro vemos as consequências que refletiram na vida de Hugh e como ele pensa e se sente sobre o que ocorreu. Hugh consegue com que Daniel volte para Londres, ameaçando seriamente o próprio pai, que jurou matar Daniel, e a amizade deles se fortalece novamente, e vemos isso acontecer no final do livro  Uma Noite Como Esta , quando minhas primeiras impressões por Hugh começam a mudar.

Hugh Prentice é um gênio da matemática, e não se importa com o que os outros pensam sobre ele. O duelo deixou sequelas, ficou meses deitado em uma cama sem saber se levantaria um dia, e quando ele se recupera, mesmo manco e com dores, ele tenta melhorar a situação de todos que sofreram as consequências do duelo.

Lady Sarah, é teimosa e dramática, mas faz tudo seguindo seu bom coração. Ela não consegue ver Hugh Prentice com bons olhos e ainda por cima o culpa por ainda estar solteira. Mesmo não conseguindo entender como a sua família o perdoou tão rapidamente, Sarah aceita o pedido de sua prima Honória com um sorriso no rosto e qual é esse grande favor? Esse grande favor é simplesmente fazer companhia para Lorde Hugh, pois Honória acredita que Hugh ficará deslocado em seu casamento com Marcus. Mesmo se vendo obrigada a passar alguns dias com Hugh, Sarah não mede esforços para mostrar o quanto ainda lembra do que ocorreu e como isso afetou a vida de sua tia e prima e sua vida no ano em que iria debutar.

18762719_10212894670707006_546846393_n

Hugh se sente agradecido por Daniel ser seu amigo ainda, pois tem consciência de que tudo aquilo aconteceu por sua culpa. Sarah não percebe isso e quando enxerga, acredita que se sentir mal pelo ocorrido é o mínimo que ele deveria sentir.

Ela o admirava. Ele era forte.

Esse livro fala de gratidão e perdão, nos mostrando que nem sempre a primeira impressão é a que vale, e que existem pessoas que tentam reparar seus erros, mesmo quando todos o apontam como culpado. O surgimento do amor, da gratidão, reconhecimento e admiração são assuntos bem abordados no livro, de uma forma que nos encanta. Ver o ponto de vista de Hugh, nos aproximou mais do personagem e vivemos juntos com Lady Sarah a mudança de nossas impressões por Hugh. Mudamos junto com os personagens, e isso torna o livro muito especial.

Julia Quinn é uma escritora ilustre, não há dúvida disso! A cada volume ela nos envolve mais e mais, nos apaixonando pelos personagens principais e dando o devido e merecido destaque para os coadjuvantes, deixando o livro com diálogos inteligentes, com humor e muito amor.

Thaisa Napolitano

 

Anúncios

10 thoughts on “Resenha: A Soma de Todos os Beijos – Julia Quinn”

  1. Oi, tudo bem?
    Não li nenhuma resenha ainda sobre essa série, essa é a primeira. Estou meio perdida por isso. Pelo o que eu li sobre o Hugh Prentice na resenha, eu gostei dele. ” Hugh Prentice é um gênio da matemática, e não se importa com o que os outros pensam sobre ele. ” Acho que as melhor forma de viver é não se importar com o que os outros pensam ou digam.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi!
      Sim, o Hugh Prentice é um personagem muito bom, mas que no primeiro livro, ele gerou um duelo com um outro personagem que precisou sair do país, e a impressão que temos no primeiro livro é de que ele é um arrogante mimado, e isso vai mudando com a leitura dos outros livros, principalmente no livro que fala sobre a história dele.
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Curtir

  2. A autora Julia Quinn sempre trazendo romances lindos e esse romance é sem dúvida mais um romance emocionante. Gostei muito da história o livro nos mostra que as superações e desafios precisa ser superado se quisermos ter um envolvimento com alguém. Bjs.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Olá! Conheço a autora mas não conhecia o livro. Eu fiquei encantada pela capa, linda demais, delicada. Adorei a sua resenha, me despertou interesse e isso é muito bom. Ter um livro que fala de amor e com humor é algo que me agrada, então mais um para lista.
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  4. Oi Thaisa, tudo bem?

    Sou louca para me aventurar nas obras da Julia Quinn. Apesar de ter quase todos dos Bridgertons, ainda não pari para lê-los. Esse quarteto vem dividindo opiniões, muitos estão considerando-o bem abaixo das outras obrs das autoras, mas mesmo assim quero lê-los, pois essas capas são divinas. Gostei dos temas que a obra aborda e das lições que podem ser tiradas!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Alice, tudo bem e você?
      Eu acho a série os Bridgertons muito melhor, mas confesso que achei os personagens homens do Quarteto mais reais. Gostei bastante do Quarteto, mas realmente não tem como comparar com Os Bridgertons.
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s