livro, Parceria

Resenha: Cores de Outono – Keila Gon

Título: Cores de Outono – Descobrindo a magia

Autora: Keila Gon

Editora: Mundo Uno

Ano: 2017

Número de Páginas: 410

Olá Aventureiros! Para quem nos acompanha sabe que somos parceiros da MundoUno Editora e recebemos o primeiro livro cedido pela editora que foi Cores de Outono – Descobrindo a Magia da autora Keila Gon. Cores de Outono é o livro de estreia da autora e o primeiro livro da Trilogia Cores.

Melissa é uma jovem de vinte e um anos que acabou de perder a mãe e o pai de sua irmã Alice, de apenas 5 anos, em um acidente. Mesmo passando pela fase mais difícil de sua vida, Melissa precisa cuidar de sua irmã e sai de São Paulo para Campo Alto, uma cidade do interior cercada de floresta e montanhas, e onde cresceu ao lado de seu avô George.

Melissa é muito desastrada, tudo em seu caminho pode acabar se tornando perigoso, é uma menina educada, que ama sua família, inteligente e que não vai atrás das fofocas. Ela é o tipo de pessoa que só acredita vendo, pois não se deixa levar pelas opiniões alheias.

Vincent é um rapaz que mora na montanha, conhecido por ser misterioso, sério e arrogante, mas isso não o incomoda. Melissa é uma jovem que atraí o rapaz, e mesmo ela não sabendo, muda alguns comportamentos dele.

O relacionamento entre Vincent e Melissa vai crescendo e ficando forte a medida que vão se conhecendo, mas nem sempre eles se dão bem. Vincent é muito temperamental, fazendo com que Melissa perca a paciência.

A escrita da autora é muito leve e super gostosa. Já nas primeiras frases a autora me encantou e me puxou para a história. Devorei o livro em pouquíssimo tempo. A história é bem elaborada, sempre bem amarrada e explicada. Os personagens secundários são apaixonantes e um deles me despertou uma raiva! Só com isso vemos que são bem construídos!

Alice foi uma personagem que roubou meu coração! Mesmo muito pequena, ela está sempre observando sua irmã e se preocupando com ela. Achei linda a relação entre elas e o amor que as duas sentem uma pela outra.

O livro nos arranca suspiros do início ao fim, possui uma magia envolvente que não queremos mais largar Melissa, Vincent, Alice e George, que acabaram acordando e dormindo comigo.

Uma fantasia com romance na medida certa, um romance com fantasia na medida certa. Cores de Outono nos transporta para um mundo mágico com elfos, magos, seres mágicos que estão mais perto do que podemos imaginar. Recomendo a leitura desse livro de olhos fechados!

Keila Gon é paulistana e viver grande parte de sua infância em Minas Gerais. Filha de pais ventureiras, Keila desfrutou de amizades inesquecíveis e dividiu com a sua irmã mais velha o contato com a natureza, que sempre instigou sua imaginação. Amante dos livros de ficção e romance, Keila Gon é apaixonada pelo mundo da fantasia desde pequena.

Thaisa Napolitano

Anúncios
Sem categoria

Resenha: Amor em Manhattan – Sarah Morgan

Título: Amor em Manhattan

Autora: Srah Morgan

Editora: Harlequin

Ano: 2018

Número de Páginas: 384

Amor em Manhattan é o primeiro livro da série Para Nova York, com Amor. Uma comédia romântica bem gostosa de ler e difícil de largar! Quem me conhece sabe que eu amo Nova York, e só de ver o título do livro, não pensei duas vezes em comprar e ler logo!

Amor em Manhattan, conta a história de Paige Walker, uma jovem moça que saiu de uma cidade pequena, para ser mais exata, uma ilha e foi viver o sonho de morar em Manhattan. Seu irmão Matt e suas melhores amigas Frankie e Eva também moram em Nova York, com quem divide aventuras, drinks, passeios, alegrias e tristezas.

Paige Walker é uma mulher super independente, que não gosta de que a protejam e nunca assume que precisa de ajuda. Esse jeito todo é reflexo depois de passar a infância em hospitais, e o que mais quer agora é provar seu valor e mostrar que sabe se virar sozinha. Após um inesperado acontecimento, Paige decide abrir sua própria empresa, empolgada, ela e suas amigas buscam um lugar no mercado e Jake, o melhor amigo do seu irmão, faz uma proposta para a empresa das garotas, para dar uma mãozinha para elas.

Jake Romano, é o solteiro mais cobiçado  de Manhattan. Um homem lindo, rico, dono de uma empresa de tecnologia e melhor amigo de Matt. Jake e Paige se conhecem desde muito tempo, desde que Paige se encontrava nos hospitais cuidando de sua saúde, que desde essa época, alimentava sentimentos pelo lindo Jake.

Ambos, tentam ignorar o sentimento que existe entre eles, mas após Paige assumir um trabalho para a empresa de Jake, a química entre eles só aumenta e fica incontrolável. Jake é o típico homem que não acredita no amor, muito menos no felizes para sempre. Mas Paige sim, e ela quer arriscar na vida, sem ter motivos para se arrepender no futuro  de não ter feito algo por medo. Mas será que ela e Jake vão concordar com o felizes para sempre ou não?

Amei ler esse romance! Amo romance e esse não foi diferente, me arrancou suspiros e risadas. Amei cada personagem. Matt, o típico irmão mais velho, protetor e que não admite machucarem a sua irmãzinha. Frankie, a amiga que não acredita no amor e nem nos homens. Eva, a mais romântica, que acredita que o seu príncipe encantado está a sua espera por aí em Nova York. Jake, um sedutor, que tem medo de entregar o seu coração, mesmo sem perceber que já o tinha entregue, e Paige, uma moça real, com medos reais e corajosa demais.

A narrativa é bem gostosa, comecei a ler e não queria mais parar. O que me incomodou um pouco foi o tamanho dos capítulos, achei um pouco grande, mas depois que a leitura engata, não me senti mais incomodada, só queria saber o que iria acontecer. O que eu mais gostei foram das frases que iniciam cada capítulo, cada uma com seu humor e verdade. A edição está linda, as folhas são macias e a fonte é bem confortável para ler. Há alguns erros de digitação, mas nada que atrapalhe a leitura.

Para quem procura um romance água com açúcar, gostoso de ler e que remete aqueles filmes romanticos com pitadas de comédia e companheirismo, essa é a leitura certa! Super recomendo, principalmente por passar na cidade que nunca dorme! 😉

Thaisa Napolitano